Roteiros e direção

Durante os anos em que estive no MPB4 fui responsável pela maioria dos roteiros dos nossos shows. Desde simples recitais até aqueles um pouco mais elaborados e com textos como, por exemplo, o “Canções e Momentos”, que acabou sendo o ponto de partida para o show “Amigo é pra essas coisas”, comemorativo dos nossos 25 anos de carreira.

Fiz a direção e o roteiro do show “Feitiço Carioca”com músicas do Noel Rosa, textos de Aldir Blanc e direção musical do Maurício Maestro. Capa do Nássara, maravilhoso como sempre.

A pedido do Canecão, fiz a co-produção, o roteiro e a direção do show “Melhores Momentos” do MPB-4, para iniciar as comemorações dos 30 anos da casa. Mais tarde, co-produzi e fiz a direção artística da gravação ao vivo deste show, no Rival

Dividi com Miguel Falabella e Maria Carmem Barbosa o texto e o roteiro do show “Arte de Cantar”, com o qual o MPB-4 comemorou seus 30 anos de carreira.

Co-produzi, roteirizei e dirigi o show “Vinícius, a arte do encontro”, com o Quarteto em Cy e o MPB-4, em homenagem aos 20 anos da morte do poeta. Fiz também a coordenação artística da gravação do CD deste espetáculo para a “Globo Universal.

Roteirizei e dirigi dois shows do Danilo Caymmi. E também o show de lançamento do instrumentista, cantor, compositor Kiko Furtado.

Dirigi e roteirizei o show “Verdades & Mentiras”, com o Quarteto em Cy, que foi gravado em CD e DVD. Pra este show, o meu amigo Millôr me ajudou a fazer o texto.

Fiz o roteiro e a direção do show de lançamento do CD “Emilinha Pinta e Borba”, o último da nossa querida e saudosa Emilinha, no Teatro do Sesc, em Copacabana.

Sobre a obra de Antônio Maria, selecionei textos e roteirizei um show para a cantora Marisa Gata Mansa e o ator Reinaldo Gonzaga.

Fui responsável pela direção artística e pela produção musical de um disco de Roberto Nascimento e do LP “Pronta pra consumo”, de Cynara.

Roteirizei e dirigi o show de lançamento do CD ao Vivo e DVD do Dudu Nobre.

Em 1984, gravei, com produção e direção próprias o meu disco solo “Amigo é pra essas coisas”, com direção musical do maestro Luiz Antônio e a participação do Chico Buarque (cantando o “Amigo” comigo), do Quarteto em Cy, MPB-4 e o violino de Kleiton Ramil. Com o repertório básico deste disco e textos de Millôr Fernandes fiz shows individuais em várias partes do mundo – todas elas no Brasil, como diria o próprio Millôr .

Também roteirizei e dirigi o show e CD “Leve”, da Dora Vergueiro. Roteirizei e dirigi também o show da cantora Ju Chiaro.

Co-produuzi o CD “Chico Faria canta Chico Buarque”, com patrocínio da Unimed. Já lançado no Japão e na Italia

Participei do disco “Os Saltimbancos”, onde participei do coro e fiz a voz do Cão.

Em 2005, lancei, com Carlinhos Vergueiro, o CD “Dupla brasileira – Só pra chatear”.

Deixe uma resposta